Depoimentos 


Obrigada a tod@s os que se cruzaram no meu caminho

Já é a segunda vez que a minha mãe recorre às tuas "mãos abençoadas" (como ela lhes chama) para tratar de dois problemas distintos. Da primeira e após diversos exames e medicações que não aliviavam a dor na perna, recorreu a ti e em poucas sessões ficou curada. Agora precisou novamente de ti para tratar de uma dor no pé que já lhe dificultava o andar, ficando sentada a maior parte do dia. Pois bem, está semana fez uma sessão contigo e quando lhe liguei no dia seguinte à noite, a voz era outra. Estava muito feliz. Andou o dia todo e conseguiu fazer a sua vida normal sem dores. E é este o resultado do teu trabalho. És uma curadora .

Grata por nos termos cruzado nesta vida.



Eu sou uma das beneficiárias do tratamento de bowen e das mãos maravilhosas da Carla Augusto Pires.

Hoje vivo quase sem dores e o meu fígado ficou super feliz por eu já não tomar medicamentos para as dores. E atualmente já só preciso de um tratamento por mês. Também fica muito mais barato que os medicamentos. Muito Muito Obrigada por teres entrado na minha vida. 


O meu nome é Ana, tenho 41 anos e desde que me lembro que tenho uma saliência no dedo grande do pé (como quem diz, no joanete!) Nunca me deu problemas mas sempre pensei que um dia iria ter dores, já que todas a mulheres da minha família materna sofrem dos joanetes. Há cerca de 2/3 anos comecei a sentir dores, primeiro eram umas "moinhas" de tempos a tempos, apenas quando fazia grandes caminhadas, depois gradualmente, a dor foi aumentando a pontos de estar simplesmente deitada na cama e de repente começar a sentir dores horríveis, tão fortes que me impediram de dormir.Para além das dores notei que a saliência no pé estava maior e o dedo começava a ter uma inclinação mais acentuada. Comecei a ficar preocupada porque no historial das mulheres da minha família o destino era a faca e o resultado no pé não era bonito.... mas pensei que quanto mais cedo pedisse ajuda mais fácil seria resolver o problema, então decidi procurar nas redes sociais sugestões de cirurgiões ortopédicos que não me assassinassem o pé.... Entre muitas sugestões na medicina tradicional, no campo holístico e espiritual, destacou-se uma da qual nunca tinha ouvido falar: A Terapia de Bowen. Li sobre o assunto, e como já tinha tido bons resultados noutros problemas com a osteopatia (Bowen foi desenvolvido por um osteopata) decidi experimentar. Marquei com a Carla, com quem senti logo uma grande empatia (que também é muito importante). Confesso que me surpreendeu o facto da terapia não ser muito invasiva como na osteopatia, como eu estava habituada, até cheguei a por em dúvida se realmente me traria resultados porque de facto durante o tratamento estamos completamente relaxados e a manipulação é muito suave (as cócegas como lhe chamo) mas o facto é que senti mudanças logo após o primeiro tratamento. Creio que fiz 5 sessões e a dor desapareceu completamente. Também não acreditava que a saliência no pé desaparecesse, apesar da Carla e Zé (o marido que também pratica Bowen) me dizerem que de certeza que diminuiria. O facto é que passado um tempo diminuiu significativamente e passado de mais de um ano continuo com o pé impecável, sem dores. Sou muito grata à Carla, que se tornou mais que uma terapeuta, inevitavelmente porque o seu acompanhamento e o interesse que demonstra em ajudar faz-nos sentir ainda melhor, por me apresentar o Bowen onde agora sei que me pode ajudar em vários problemas que me possam surgir, sem tratamentos muitos invasivos ou químicos que nós possam trazer efeitos indesejados. O Bowen trata-nos a um ritmo continuo, sem nos dar-nos conta, com resultados impressionantes.